POEMA O MÍSTICO


A Hermética filosofia do saber oculto,
se vitaliza da forma ao zero.
Do nada ao tudo o Neófito desperta!
Do Brandão aos rios do saber o infinito se limita a um único ser!
Se faz das arestas as faces do oculto, pois apenas lhe quer ver crescer!
Discípulo acorda! se torna o nada. Se faça pequeno, se ponha de ante de ti mesmo! Reduza seu ser, Cale o Ego!.
Para enfim observar o desvanecer do Abismo celestial que agora convoca seu Ser!.

(Fernando Baumhart)
Print Friendly, PDF & Email