ANJO SERAFIM CAHETEL


Invoca-se o anjo Cahethel para obter a proteção de Deus, para inspirar o homem a elevar-se à Deus, para agradecer os bens de consumo provenientes da terra. Este anjo exerce domínio sob a produção agrícola, principalmente as que são necessárias para a

sobrevivência de homens e animais. Este gênio permite banir os maus espíritos. Ele ensina o domínio do eletro magnetismo Elemental a fim de criar diversos atos mágicos da natureza.

 


DIAS GOVERNADOS PELO ANJO:   27/03  08/06  20/08  01/11  13/01


Coro 1 – Serafins 08 Cahethel
Príncipe: Metatron
Mundo do coro: 1 – Atziluth, Mundo das Emanações, Arquétipo, espírito – elemento Fogo
Signo: Touro.
Elemento zodiacal: Terra.
Relação/elementos: Fogo do Fogo atuando sobre o Agua do Ar.
Relação/mundos: “Yod” do Mundo de Atziluth sobre o “He” do Mundo de Yetzirah.
Velas:  Branca em cima e laranja em baixo.
Incenso: [Cravo, mirra, almíscar, estoraque, âmbar, louro, aloe vera] e [Canela, louro, jasmim, benjoim, casca de limão].
Letras: Kaph – Heh – Tav – Aleph – Lamed
Gemátria: 20 + 5 + 400 + 1 + 30 = 456 = 4 + 5 + 6 = 15 = 1 + 5 = 6
Arco:  36º a 40º graus da esfera zodiacal.
Invocação por domicílio: 5° a 10° de Touro ou 25 a 30 de Abril.
Invocação por rotação: de 6 a 7 de Aries: “Yod” ou 28 de Março;de 19 a 20 de Gêmeos: “He” ou 10 de Junho;

de 1 a 2 de Virgem: “Vô” ou 25 de Agosto;

de 13 a 14 de Escorpião: 2º “He” ou 6 de Novembro;

de 25 a 26 de Capricórnio ou 16 de Janeiro: quintessência.

Invocação pelo ciclo diário:   das 2:20 a 2:40 h a partir da saída do Sol.
Invocação por conjunção:  Quando o sol se encontra se encontra em um dos graus de Kether, ou seja, entre 0º a 1º, de 10º a 11º e de 20º a 21º de qualquer signo.
Atributo: Deus adorável.
Nome da essência: BENÇÃO DE DEUS.
Nome da Força: Vontade Propagadora ou Difusora.
Forças em ação: A força de Kether que manifesta seus fluxos mediante as pulsações de Hod.
Sendero: Sub-sendeiro que une Kether a Hod em sua trajetória de ida ou descenso pelas árvore e zodíaco.

 


Palavras chaves:


Benção de Deus, NAMASTÊ, colheitas abundantes, CAÇA, amor ao trabalho.

 


Virtudes concedidas:


1º.- Bênçãos de Deus, expulsar os espíritos malignos.

2º.- Colheitas agrícolas abundantes.

3º.- Inspiração para descobrir Deus em nós mesmos e aos outros.

4º.- Amor pelo o trabalho.

5º.- Auxilio contra magias e encantamentos destinados a produzir a esterilidade dos campos.

 


Escrituras


08 Cahethel

“S 95:6 Venite adoremus et curvemur flectamus genua ante faciem Domini factoris nostri.

Vinde, adoremos e prostremo-nos; ajoelhemos diante do Eterno, nosso criador. ”


Oração


CAHETEL: Recebi de ti, Senhor, infinitos dons.

Meus lábios expressam com facilidade

o mundo que Tu tens criado

e minhas mãos modelam em graciosas formas Tua matéria primordial.

Me tens permitido triunfar, Oh CAHETEL!:

Tens situado ao meu redor uma corte de aduladores

que tem posto entre Tu e mim,

valas, certas, jardins, terras, propriedades,

obstáculos que me afastam de Tua divina presença.

Porém, me hás posto também Senhor CAHETEL o ardor para supera-los.

Permite-me, Senhor, que este ardor seja

o que há de mais forte, mais intenso em mim

para que possa dar graças a isto e, assim,

venha a saltar valas, burlar cercos, arrancar-me das belezas dos jardins da terra,

vencer as adulações, os triunfos, a fama e correr para tua fonte de vida.

Livra-me, Senhor, da vaidade,

e eu me libertarei das servidões da abundância”.

 


Exortação


Tenho lhe concedido terras e potestades sobre elas.

Tenho lhe dado nobreza, prestígio e fama.

Tenho lhe concedido poderes para expressar-se e ser convincente.

O que me dás em troca?

É natural que espere muito de Ti,

em razão do muito que lhe tenho dado.

De Tua potestade, espero Minha justiça.

De tua fama, espero Meu renome.

De tua eloquência espero o testemunho de Minha obra.

Tenho posto Luz em ti para possas descobrir-me e encontrar-me,

para que não venhas a dizer que estavas rodeado de trevas.

Seja, peregrino, o paladino de minha Lei e de Minha Justiça.

Não te peço renúncias, nem sequer humildade,

mas apenas que desde Teu posto de mando

sejas o que com teu exemplo dignifique todas as coisas,

fazendo com que o belo seja iniludivelmente o justo,

que o útil não seja mais do que o necessário

e o necessário estritamente aquilo que há de dar-te a ti e a teus irmãos

a mais alta consciência do universo.

Este é o trabalho que lhe tenho designado.

Que sejas Tu, peregrino, um fiel cumpridor.

 

Oração e exortação de Kabaleb.

A CABALA DE HAKASH BA HAKASH

Filosofia Metafísica Quântica Cabalística – TOMO III

Schemhammephorasch  שם הםףורש

Print Friendly, PDF & Email